Black Friday 2016: Como evitar fraudes?

Para o e-commerce brasileiro, a Black Friday 2016 é considerada a data mais importante do ano. Levando em conta a recessão econômica do país, a expectativa é boa para lojistas, com a perspectiva de mais de 2 bilhões em vendas.

Neste ano, o tíquete-médio da Black Friday 2016 deverá ultrapassar R$ 500,00, tendo como artigos mais buscados smartphones, TVs e notebooks.

DICAS PARA EVITAR FRAUDES NA BLACK FRIDAY 2016

Uma das maiores preocupações com do consumidor para as compras na Black Friday 2016 é com as constantes fraudes ocorridas em eventos anteriores. Por isso, o presidente da Proxy Media separou algumas dicas para evitar cair na chamada “Black Fraude”. Confira 5 dicas:

• Fique de olho nos preços e atento com promoções

Uma dica importante é verificar os preços que as lojas estão ofertando com algumas semanas de antecedência da Black Friday 2016. Isso ajuda a analisar se os valores praticados durante as promoções realmente apresentam descontos.

• Atenção com os seus dados

A aquisição de produtos em comércio eletrônico sempre apresenta a política de privacidade oferecida pelos sites e lojas virtuais, entretanto, quase ninguém lê. A política de privacidade de e-commerce apresenta os compromissos da empresa com os dados do consumidor, ou seja, os compromissos assumidos pelo site de vendas com a segurança dos dados.

• Cuidado com sites maliciosos

Principalmente para ofertar promoções, existe uma grande quantidade de sites maliciosos que copiam o endereço eletrônico de grandes varejistas, com o objetivo que roubas dados pessoas, assim como dados de cartões, por exemplo. Por isso, ao acessar o site da loja em que pretende comprar, sempre verifique se o site apresenta as informações corretas da loja, como razão social, CNPJ, endereço e também os canais correto de comunicação com a loja.

• Produtos com defeitos

Para produtos que apresentam problemas aparentes ou de fácil constatação, o Código de Defesa do Consumidor dá as lojas virtuais 30 dias para que resolvam os problemas com produtos não duráveis e 90 dias para produtos duráveis. Além disso, é direito do consumidor desistir da compra virtual até sete dias após a aquisição, mesmo sem apresentar nenhum motivo.

• Frete justo

Algumas lojas costuma aumentam o valor do frete durante o período promocional, como forma de compensar o desconto entregue ao consumidor. Por isso, verifique qual o valor cobrado no frete de algumas lojas virtuais algumas semanas antes.

Gostou dessas dicas? Então continue ligado em nosso blog para mais notícias, dicas e curiosidades!

Criação de Loja Virtual, solicite um orçamento.

Posts recentes

Deixe um comentário